Jornal ITECÊ


FACEBOOK

Motosserras

Uma motosserra (alternativamente também chamada como serra de corrente) é uma serra mecânica portátil, que corta com um conjunto de dentes ligados a uma corrente rotativa que corre ao longo de uma barra com uma canaleta ou guia. É usada em atividades como derrubada de árvores, poda, obtenção de lenha e na supressão de incêndios florestais.

A motosserra pode ser à gasolina, elétrica ou à bateria, a motosserra à gasolina é a mais difundida no mundo, sua versatilidade e utilização nos mais diversos locais como florestas, jardins, sítios etc.. é vista tanto como salvadora servindo para cortar árvores caídas em acidentes ou tempestades, como destruidora da natureza.

A motosserra elétrica tem a vantagem de uso mais prolongado. porém fica presa a um fio o que não permite tanta mobilidade, uso em locais fechados, adequada para serviços de médio porte.

Já a motosserra bateria vem ao encontro de um uso mais sustentável, ainda com valores e com bateria de pouca duração. Além disso, vem ganhando espaço principalmente nos mercados europeus, usada em serviços de pequeno porte também pode ser usada em locais fechados baixa emissão de ruídos.

Para uso e porte da motosserra é preciso ter uma licença conferida pelo IBAMA.

Motosserra à gasolina: cuidados e manutenção de uso profissional ou hobby

A motosserra, principalmente com a queda de preço no mercado, tornando-a acessível e barata vem ganhando espaço dentro dos lares e para isso é muito bom saber lidar com esse equipamento que é bem mais que um eletrodoméstico.

Alguns estudos e pesquisam apontam para uma deficiência no cuidado e manutenção básica da motosserra em usuários não profissionais.
Quais os componentes da Motosserra?

Numa motosserra, alguns componentes são imprescindíveis, e outros, obrigatórios.

Segundo a norma de segurança chamada NR12, alguns dispositivos são obrigatórios como os de parada(4) e de parada de emergência(1), de partida(10) aspectos ergonômicos também foram levados em questão como as empunhaduras(6 e 11) todos para atestar o bem estar e a segurança do indivíduo.

Para que serve motosserra?
A motosserra pode ser para hobby ou profissional, cara ou barata, grande ou pequena.

Mas sua função principal não muda: cortar ou podar galhos e árvores.

Qual a potência de uma motosserra hobby? Qual o tempo de uso de uma motosserra hobby? Quais itens inspecionar numa motosserra profissional? Em quais ambientes uso uma motosserra profissional?

HOBBY PROFISSIONAL
TEMPO DE USO OCASIONAL 8 HORAS DIA / 7 DIAS SEMANA
INSPEÇÃO DO EQUIPAMENTO ANTES DE USAR A CADA 4 HORAS
AMBIENTES RESIDENCIAL FLORESTAL
POTÊNCIA ABAIXO DE 35cc ACIMA DE 35cc
TROCA DO CONJUNTO CORTE A CADA DUAS CORRENTES A CADA DUAS CORRENTES
OBJETIVO SEM FIM LUCRATIVO ATIVIDADE REMUNERADA

Para cada uso, existe um equipamento ideal com características específicas. Além disso, a motosserra já possui implementos e/ou adaptadores que a transformam em furadeiras e perfuradores de solo, rabeta para barcos, cortador de mármore, bomba d’água, entre outros.

Motosserra: onde se usa e quais suas características?
Os cuidados com a motosserra se iniciam na escolha do equipamento, características e sua finalidade. Grandes extensões de trabalho ou muitas horas de trabalho exigem um equipamento robusto e profissional. Por outro lado, o uso ocasional ou hobby vai direcionar para um equipamento menor em capacidade e tamanho.

A motosserra é utilizada, principalmente, em:
● Reflorestamentos;
● Sítios;
● Jardins, árvores e galhos de todos os tamanhos e portes.

O peso da motosserra influi diretamente no uso, ou seja, quanto maior, mais pesada e possivelmente mais difícil de se trabalhar por um longo período de tempo.

Temos a errada noção de achar que quanto mais potente a motosserra melhor, a verdade, a potência deve estar relacionada ao tipo de trabalho.

Longos trechos de derrubadas de árvores exigem uma máquina mais potente, assim como árvores de grande porte. No caso de pequenas áreas e/ou árvores de pequeno porte, motosserras menos potentes já são eficazes.

Nesse sentido, algumas motosserras oferecem dispositivos para facilitar o uso:

1. Partida automática: é um auxiliar ao dar a partida na motosserra, algumas motosserras são muito potentes o que causa uma dificuldade no momento em que se dá a partida, este dispositivo elétrico/ou a bateria facilita o esforço. (ainda não disponível no mercado brasileiro)

2. Partida fácil: é também um auxiliar ao dar a partida na motosserra, bem menos complexo consiste em um sistema de duas molas na tampa da partida, deixando o arranque mais leve.(disponível em vários modelos de motosserras no Brasil)

O que levar em consideração na escolha de uma boa motosserra?

Ao levar em consideração estes três elementos, você está prevenindo futuros problemas.

1 – Marca/modelo relevante no mercado:
Ao identificar uma marca no mercado você precisa saber se existem pessoas capazes de lhe responder e solucionar problemas.
2 – Rede de assistência técnica próxima:
Ao escolher esta marca, certifique-se de quais locais existem assistência técnica, afinal são máquinas e precisam de manutenção.
3 – Peças de reposição a disposição no mercado:

Peças de reposição para o modelo escolhido também podem se tornar uma dor de cabeça caso a máquina escolhida seja muito recente e/ou fora de linha. Procure saber antes onde e como encontrar.

Objetivos de uma motosserra

Uma motosserra tem por objetivo facilitar e mecanizar o serviço de corte e poda de árvores.
Serve tanto para os usuários fazerem lenha para consumo próprio e/ou limpar seu jardim, quanto para grandes indústrias madeireiras e de celulose utilizarem, por exemplo, em grandes extensões de áreas.

Como uma motosserra é construída?

A motosserra tem um desenvolvimento similar ao de alguns carros mais sofisticados, que vai desde sua concepção, design e finalidade.

A motosserra concebe, em cada modelo, o que há de mais moderno em tecnologia, considerando as duas gigantes do mercado.

A Indústria 4.0 já chegou à linha de produção através da inovação e automatização em processos produtivos.
_____________________________________________________________________
Saiba mais sobre Automatização em Processos Produtivos!
_____________________________________________________________________

Industria 4.0

Desde sempre o homem vem aperfeiçoando suas ferramentas de trabalho, desde a roda até hoje o homem se reinventa.

De tempos em tempos existe um salto em tecnologia que traz bruscas mudanças nas mais diversas áreas.

Desde a primeira:
● Indústria 1.0 (fim do século 18): marcada pelas primeiras máquinas e equipes de trabalho;
● Indústria 2.0 (fim do século 19): quando surgiram as primeiras linhas de montagem;
● Indústria 3.0 (a partir de meados de 1970): quando a eletricidade e a tecnologia da informação foram introduzidas.

A Indústria 4.0 mostra não é apenas uma modernização estrutural dos meios de produção, mas uma mudança na maneira como planejamos e executamos o desenvolvimento de produtos.

A proposta é conectar máquinas à sistemas inteligentes capazes de controlar toda a cadeia de produção de maneira autônoma.
_____________________________________________________________________
Saiba mais sobre Indústria 4.0
_____________________________________________________________________
As linhas de montagem são uma fusão entre ação humana e automatização, o que resultam em um ótimo acabamento, conexões perfeitas com um custo benefício competitivo para a indústria.

A construção da motosserra é feita basicamente por um motor dois tempos (mistura óleo e gasolina), monocilíndrico, onde uma engrenagem toca uma serra dentada. A carcaça normalmente em magnésio serve para aliviar peso na máquina, dentro temos um virabrequim que toca um pistão.

As partes externas em plástico e outros materiais resistentes dão o design desejado assim como ergonomia ao usuário.

A motosserra pode variar de 25cm³ a 91,6cm³, o que determina esta potência é a relação entre o diâmetro do cilindro e o curso da biela do virabrequim.

Nos anos 50 a Itecê importava motosserras da marca Dolmar, já nos anos 70 a Itecê fabricava a motosserra Intertec no Brasil, indústria 100% nacional, disponível em três modelos, 120 / 133 / 152. A fabricação era quase artesanal, todas as etapas de montagem eram manuais.

Cuidados com motosserra:

PRÁTICAS SEGURAS PARA O USO DA MOTOSSERRA
a) por razões de segurança, aqueles que não estejam familiarizados com sua operação, não devem utilizá-la;
b) leia e compreenda as instruções do manual antes de usá-la pela primeira vez;
c) não cumprir as instruções de segurança pode resultar em lesões graves ou morte;

INSTRUÇÕES DE PREVENÇÃO PARA O USO DA MOTOSSERRA
a) nunca funcione o motor em lugares fechados e sem ventilação;
b) durante seu funcionamento, as peças de trabalho da máquina podem esquentar com perigo de queimaduras;

ANTES DE DAR A PARTIDA NO MOTOR
a) verifique a montagem e estado dos componentes da motosserra;
b) assegure-se de que existe uma área de fuga;
c) assegure-se de estar utilizando todos os equipamentos de segurança;
d) assegure-se de que a corrente de corte não está em contato com galhos ou algum objeto;

DURANTE A OPERAÇÃO E USO
a) leia o manual para saber como dar a partida em uma motosserra;
b) segure a motosserra com ambas as mãos durante a operação;
c) mantenha todas as partes de seu corpo longe da motosserra durante sua operação;
d) sempre desligue o motor da motosserra antes de deixa-la desassistida;

APÓS A OPERAÇÃO E USO
a) transporte sempre a motosserra com o motor desligado;
b) proceda com a manutenção e limpeza da motosserra;

Newsletter


Voltar para o site